EN ES
Esqueci a minha password

Pensar a Reforma antecipadamente

Devido às alterações no sistema de Segurança Social, bem como à importância da manutenção do nível de vida após a idade de reforma, os produtos de poupança privada direcionados para a reforma têm sido reforçados. 
 
Neste novo contexto, ao contrário de outros produtos financeiros, os Planos Poupança-Reforma revelaram-se como uma opção de poupança privada, a médio e longo prazo, desempenhando um papel relevante na constituição de complementos de reforma.
 
O Cliente deverá assim, ajustar os seus esforços de poupança avaliando:  
 
1. O património acumulado (rendimento na data de reforma) nomeadamente:
  - Reforma da Segurança Social;
  - Fundo de Pensões da sua Empresa;
  - Os seus PPR´s ou complementos individuais de reforma.
 
2. A perspetiva de gastos para manter o seu atual padrão de vida, durante os 20 ou mais anos da sua reforma.

Por estes motivos, invista no seu PPR o quanto antes!

Combata as incertezas do amanhã: Os produtos de complemento de reforma como os PPR, fundos de pensões e seguros de capitalização têm registado um aumento de procura, não só pelas empresas para garantirem benefícios a favor dos seus trabalhadores, mas cada vez mais por particulares, face às incertezas sobre o regime da Segurança Social e mesmo à ameaça de desemprego.

Aproveite a competitividade Fiscal: O regime fiscal favorável também tem contribuído para estas opções de poupança. No caso de PPR ou fundos de pensões de adesão individual, para além do benefício fiscal de dedução à coleta do IRS, a taxa de tributação dos rendimentos poderá ser de 8% em certas circunstâncias, o que, comparada com uma taxa de tributação de 28% aplicável à generalidade dos produtos de poupança é francamente benéfica.

A tributação cai para metade quando o reembolso é feito na forma de pensão: Quando os aforradores optam por receber as suas poupanças na forma de prestações regulares e periódicas, a tributação é equiparada à categoria H de IRS, ou seja, às pensões. A partir do próximo ano, metade destas pensões são excluídas de tributação.