COMUNICADOS

IMGA apoia 3 instituições portuguesas de solidariedade. Donativos totalizam 24.500 euros.

14 dezembro 2021

A IM Gestão de Ativos (IMGA) reuniu um total de 24.500 euros no âmbito do “Dia Solidário”, realizado no passado dia 2 de dezembro, que serão entregues no final desta semana à Ajuda de Mãe (7.500 euros), à Associação Crescerbem (8.500 euros) e à Fundação Rui Osório de Castro (8.500 euros).

A IMGA é uma das dez empresas que integram o Grupo CIMD, o qual, pelo 17º ano consecutivo, realizou esta iniciativa que pretende reforçar o espírito de solidariedade, promovendo junto dos seus clientes e parceiros uma participação ativa com a causa solidária, através da doação integral das receitas da atividade gerada pelo Grupo nesse dia, às Organizações Não-Governamentais (ONG’s), portuguesas e espanholas, que cumpram os princípios de transparência e boas práticas.

Este ano, numa ação conjunta com os seus clientes, parceiros e colaboradores, o donativo do Grupo CIMD totalizou 172.368 euros, tendo já ultrapassado o patamar de 4,2 milhões de euros doados nestes 17 anos de atividade solidária. A restante verba foi distribuída a ONG’s espanholas. 

 

Informação adicional:

 

A IM Gestão de Ativos (IMGA) é a maior sociedade gestora independente no mercado nacional e uma referência do setor na Península Ibérica, com uma carteira superior a 4,2 mil milhões de euros de ativos, composta por 28 fundos de investimento mobiliário comercializados aos balcões das redes do Millenniumbcp, Activobank, Crédito Agrícola, EuroBic, Bison Bank e Banco Invest.

A IMGA proporciona também aos seus clientes institucionais um serviço integrado e inovador na constituição de estruturas de fundos de capital de risco.

Procurando constantemente ajustar a sua oferta à evolução dos mercados, a Sociedade está a alargar a sua atividade, quer em termos de produtos e serviços, quer na dispersão geográfica da oferta e em novos canais de distribuição, mantendo os critérios de independência, inovação, diversificação e rigor que a caracterizam.

 

Desde 1991, a Ajuda de Mãe apoia grávidas e mães desfavorecidas, com carências económicas, habitacional, desemprego, necessidades de formação parental e fraca e/ou inexistente rede de suporte sociofamiliar, que podem ter como consequência a falta de condições para receber e criar dignamente o seu filho, originando situações de abandono e exclusão. Este apoio é feito através de atendimento (linha telefónica, email, redes sociais e direto) e acompanhamento psicossocial, acolhimento, formação e reintegração profissional. O Projeto “Escola de Mães” tem como objetivo dar qualificação escolar a jovens grávidas e mães (12-18 anos) em risco de abandono escolar ou que tenham mesmo abandonado a escola recentemente, tendo uma componente escolar e de tempos livres e contando com uma Sala de Bebés, de modo a fomentar a proximidade com os filhos. De forma a facilitar a conciliação da vida profissional e familiar foi criada em 2011 a “Escola do Arco”, com creche (69 crianças) e pré-escolar (66) com horário alargado e sem interrupções anuais.

 

A Associação Crescerbem apoia, desde 2011, famílias carenciadas com recém-nascidos/jovens até aos 18 anos, inicialmente no Hospital Dona Estefânia e atualmente também nos hospitais de Santa Maria e Beatriz Ângelo, em Loures. A Crescerbem é um elemento fundamental no acompanhamento da família, em contexto de domicílio, no internamento ou em ambulatório. As famílias sentem-se desprotegidas e a Associação não só as protege como as orienta durante a sua intervenção, capacitando-as em contexto de vida real e ajudando-as a superar as dificuldades em várias vertentes: saúde, higiene, alimentação, farmácia, emprego e escolaridade. Em 2021 (dados até outubro), a Crescerbem apoiou em: i) Domicílio: 63 Famílias; ii) Internamento: 259 Famílias iii) Pequenos-almoços: 1.646; iv) Despensa Solidária: 425 cabazes, v) Lavandaria: 238 utilizações e no vi) Projeto educativo: 25 crianças, com atribuição de 18 portáteis e hotspots, tendo a entrega de material escolar no início do ano letivo contemplado 84 crianças e jovens.

 

A Fundação Rui Osório de Castro é uma Instituição de Solidariedade Social sem fins lucrativos, constituída em 2009, com o objetivo de apoiar as crianças com cancro e os seus familiares em duas grandes áreas: INFORMAR, levando aos pais e às próprias crianças informação séria e credível sobre o cancro pediátrico e PROMOVER a INVESTIGAÇÃO contribuindo, assim, para o avanço da medicina nesta área. Na área da informação destacamos alguns dos projetos em curso como o PIPOP - Portal de Informação Português de Oncologia Pediátrica, o único site em português que reúne e disponibiliza informação rigorosa e atual sobre oncologia pediátrica e o “Livro da Família da Criança com Cancro”, um guia de orientação entregue aos pais no momento do diagnóstico, que disponibiliza informação prática sobre a doença e sobre o Hospital onde a criança é acompanhada.

Fonte: Direção Comercial & Marketing


Voltar